alt

   PADRE ANJO

Dias Vieira voltou aos livros e à biografia. Desta vez traz-nos mais um sacerdote barrosão de nome de baptismo João Manuel Gonçalves Anjo, nascido e Frades no dia 17 de Janeiro de 1895, filho de João Gonçalves Manuel Anjo e de Ana Fernandes Pereira , baptisado na igreja Paroquial de S. Mamede de Cambezes, no dia 28 seguinte. Estudou, em Braga, na Escola Académica e Seminário de Santo António. Foi ordenado presbítero no dia 17 de Agosto de 1917, começando o seu ministério paroquial em Santo André (1917-1929) e terminando-o em S. Vicente da Chã. Foi director espiritual no Seminário de Gralhas e de Vila Real ( 1937- 1942). Foi assistente eclesiástica da Acção Católica (anos 30).
Da sua juventude conhecem-se reflexões e poemas que escrevia numa espécie de diário. Fundou uma associação, espécie de cooperativa agrícola e a Associação da Mocidade Briosa de Frades. No dinal da segunda década do século XX.
Entre outras funções civis, foi nomeado presidente da Câmara Municipal de Montalegre em 1944. Faleceu no dia 5 de Junho de 1951.

Ribeiro Aires